Cidades

Cinco pessoas são presas por compartilhar imagens pornográficas infantis

Através da investigação foi possível identificar usuários da rede de computadores que realizaram downloads e uploads de vídeos e fotos

diario da manha
Foto: Reprodução

Na manhã desta terça-feira (12/11), cinco pessoas foram presas na terceira etapa da Operação Meu Zeloso Guardador, suspeitas de compartilhar imagens pornográficas infantis.

A operação deflagrada pela Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Cibernéticos (DERCC), tem como objetivo cumprir mandados de busca e apreensão e, além disso, identificar pessoas que compartilham e armazenam esse tipo de imagem.

A investigação da Polícia Civil do Estado de Goiás (PCGO), durou cerca de três meses e identificou cinco conexões de internet por onde estavam sendo compartilhados vídeos e imagens pornográficas infantis.

Um dos investigados foi preso por compartilhar imagens pornográficas infantis

Através da investigação também foi possível identificar usuários da rede de computadores que realizaram downloads e uploads de vídeos e fotos que com imagens de sexo e nudez envolvendo crianças e adolescentes.

A PCGO cumpriu cinco mandados de busca e apreensão domiciliares, em Goiânia e Anápolis. 40 policiais participaram da operação e prenderam em flagrante um dos investigados, por transmissão de cenas pornográficas envolvendo criança ou adolescente, previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

Um adolescente também foi autuado mediante Boletim Circunstanciado de Ocorrência (BOC) pelo ato infracional do artigo 241-B do ECA. Essa terceira etapa da Operação Meu Zeloso Guardador, somada às outras, cumpriu mais de 80 mandados de busca e apreensão domiciliares, em 17 cidades goianas, e realizou a prisão em flagrante de 47 autores.

Comentários

Mais de Cidades

29 de julho de 2019 as 16:33

Nota de Falecimento

15 de maio de 2019 as 15:55

16°CRPM EM AÇÃO

15 de maio de 2019 as 15:53

CPC EM AÇÃO