Cidades

Comerciante suspeito de abusar das funcionárias tem prisão preventiva decretada

diario da manha
Foto: PC

O comerciante de 36 anos preso temporariamente na última terça-feira (5/11) suspeito de assediar pelo menos 27 funcionárias, em Piracanjuba teve a prisão preventiva decretada pela Justiça de Goiás.

Na ocasião o DM Online conversou com o delegado Leylton Barros, e o mesmo informou que uma ex-funcionária denunciou o comerciante e desde então a polícia investiga o caso.

A equipe policial cumpriu o mandado de prisão temporária contra o empresário na terça-feira (5), e também apreendeu equipamentos eletrônicos afim de esclarecer os crimes.

Conforme as informações da polícia, os crimes de assédio, importunação sexual e tentativa de estupro ocorreram nos últimos dois anos. O delegado explicou na ocasião que o empresário usava a posição de patrão para ameaçar as vítimas, que tinham idades entre 16 e 25 anos.

Comentários

Mais de Cidades

29 de julho de 2019 as 16:33

Nota de Falecimento

15 de maio de 2019 as 15:55

16°CRPM EM AÇÃO

15 de maio de 2019 as 15:53

CPC EM AÇÃO