Cidades

Acidente na BR-153 termina com morte de avó e neto, em Rialma

Motorista da caminhonete tentou ultrapassar um bitrem, mas acabou batendo na carreta, capotou e parou em um barraco do outro lado da pista

diario da manha
Foto: Divulgação/PRF

Um acidente envolvendo um caminhão bitrem e uma caminhonete no início da manhã do último domingo (22/12) terminou com a morte de uma mulher de 57 anos, e de um menino de três, avó e neto respectivamente, na BR-153, próximo ao trevo que liga a rodovia às cidades de Ceres e Rialma.

Conforme as informações divulgadas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), as vítimas seguiam em uma caminhonete Ford/Ranger no sentido sul/norte, testemunhas contaram que em determinado momento, o motorista do veículo de 60 anos, tentou fazer a ultrapassar uma carreta bitrem.

Todavia, para evitar uma colisão frontal com outro carro que seguia no sentido contrário, a caminhonete em que avó e neto estavam bateu no bitrem, capotou e saiu da pista, e só parou no barranco do lado oposto da via.

Na caminhonete envolvida no acidente na BR-153 viajavam um casal de avós e dois netos

A PRF afirmou que na caminhonete viajavam quatro pessoas, um casal de avós e dois netos, e que todos ficaram presos às ferragens. A avó e um neto não resistiram aos ferimentos e morreram no local.

A avó de 60 e o neto de 8 ficaram gravemente feridos e foram socorridos pelo Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás (CBMGO) e encaminhados para uma unidade de saúde em Ceres.

Devido ao acidente na via, a rodovia foi totalmente interditada até às 8h da manhã, devido ao tombamento de uma carrega e da carga de feijão que se espalhou sobre a pista e foi liberada totalmente às 17h.

De acordo com a polícia, o motorista do bitrem teve ferimentos leve, foi submetido ao teste do bafômetro, que constatou que ele não estava alcoolizado.

Comentários