Cidades

Farmácias sobem preços de álcool em gel em Goiânia de forma abusiva

Produtos agora são vendidos pelo dobro do preço ou até mais, e o crime contra o consumidor chama atenção de parlamentar. Deputado Estadual Delegado Humberto Teófilo (PSL) percorre farmácias e denuncia abusos aos órgãos de defesa

diario da manha

No Parque Tremendão, bairro da região noroeste de Goiânia, uma farmácia localizada na Rua da Divisa vendia álcool em gel de 500g por R$ 39,90 na tarde de hoje. Antes da pandemia do Coronavírus, o produto era vendido por cerca de R$ 15,00.

Em outro estabelecimento, no Setor Bela Vista, um frasco de álcool em gel de 850g era vendido por aproximadamente R$ 50,00. Em outra farmácia, especializada em manipulação de medicamentos, no setor Bueno, funcionários informaram que não havia mais estoque de álcool em gel, mas garantiram que o produto chegaria ainda hoje. O preço informado, também exorbitante: 1 kg de álcool em gel será vendido por R$ 99,00.

O deputado também percorreu estabelecimentos no setor Sul e encontrou a mesma situação abusiva. Máscaras que antes eram vendidas por 50 centavos a unidade, estavam sendo comercializadas por 3 reais. Uma caixa do produto, custava nada menos do que R$ 150,00 nesta farmácia do setor Sul.

“É um absurdo. Eu acho que os empresários tem que colocar a mão na consciência. Isso é crime de Usura. É lastimável no momento que estamos passando. Ao invés de baratear, de fazer doações, não, quer ganhar dinheiro em cima do consumidor”, reclamou o deputado.

Humberto Teófilo informou que registrou todos os preços e encaminhará notificações a Delegacia do Consumidor e ao PROCON pedindo providências.

Comentários