Cidades

Preso homem suspeito de armazenar pornografia infantil em computador

Delegacia de Crimes Cibernéticos prendeu em flagrante em Aparecida de Goiânia um homem suspeito de armazenar pornografia infantil.

diario da manha
Foto: Reprodução.

Nesta terça-feira (07), pela manhã, a Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Cibernéticos (DERCC) prendeu em flagrante um homem de 40 anos de idade, em Aparecida de Goiânia, suspeito do crime de armazenamento de imagens contendo pornografia e cenas de sexo infantis, previsto no art. 241-B do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

A investigação do caso foi feita com uso de ferramentas próprias para diligências em ambiente virtual que permitiu a identificação do suspeito, que através de um usuário de internet compartilhava e obtia acesso a imagens e vídeos contendo pornografia infantil e cenas de sexo envolvendo crianças e adolescentes.

A partir desse levantamento, foi representado judicialmente um mandado de busca e apreensão do homem na cidade de Aparecida de Goiânia, após ser deferido pelo Poder Judiciário, hoje foram realizadas buscas domiciliares que resultaram na apreensão de um notebook contendo mais de 50 vídeos, com cenas de sexo envolvendo menores.

De acordo com a delegada responsável pelo caso Sabrina Leles, o monitoramento sobre crimes como este são contínuos e as investigações sobre o suspeito começaram em dezembro de 2019, ” estamos caminhando para quatro meses que estávamos investigando, monitorando e neste tempo eu pedi o mandado de busca e apreensão na casa dele e hoje conseguimos cumprir”, afirmou.

As pessoas que enviam e recebem esses arquivos contendo pornografia infantil precisam fazer parte uma rede de contatos específicas para pratica do crime “ele só consegue compartilhar quando ele faz parte ou possui um programa de compartilhamento que o coloca em uma rede de contatos, não necessariamente conhece essas pessoas”, ainda de acordo com a delegada o suspeito é casado “na casa dele atuava sozinho, a esposa não tinha conhecimento”.

Computador apreendido com suspeito. Foto: Reprodução

Comentários