Cidades

Sinpol doa equipamentos de proteção para policiais civis em delegacias

diario da manha

O Sindicato dos Policiais Civis do Estado de Goiás (Sinpol) destinou R$ 50 mil para serem usados em ações e equipamentos de proteção para os policiais civis, que continuam atendendo a população durante a pandemia de covid-19, especialmente nas centrais de flagrante, onde há maior demanda.

Com esses recursos, já foram instaladas barreiras de proteção com vidro do tipo blindex em delegacias de Goiânia e da região do Entorno de Brasília. O Sindicato também adquiriu e está distribuindo mil máscaras e 408 unidades de 420ml de álcool em gel. Outras 3 mil máscaras foram encomendadas e a diretora –tesoureira do Sinpol, Eufrásia Campos Mourão, adianta que outros itens serão adquiridos à medida que houver necessidade.

Já foram instaladas barreiras de blindex nas centrais de flagrante de Luziânia, Céu Azul e Águas Lindas. Em Goiânia, o fornecedor já fez a instalação na Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic). As próximas serão as delegacias de Investigação de Homicídios (DIH) e de Repressão a Narcóticos (Denarc), ambas no complexo de delegacias especializadas da Cidade Jardim, em Goiânia. As compras foram feitas após deliberação da diretoria do Sinpol.

O presidente da entidade, Paulo Sérgio Alves de Araújo, explica que os policiais civis estão na linha de frente do enfrentamento da pandemia, atendendo a população, investigando crimes e fazendo prisões. “Nossa atividade não pode parar, trabalhamos com a segurança da população”, diz Paulo Sérgio, ressaltando que os policiais também precisam trabalhar em ambientes mais seguros, o que também representa mais segurança para as pessoas que precisam ir até as delegacias em busca de atendimento.

Comentários