Cidades

Pai faz parto da própria filha dentro de casa

O escrivão da Polícia Civil do Estado de Goiás (PC-GO), Ricardo Vilaverde, fez o parto da própria filha na madrugada desta sexta-feira (12) na residência da família. As contrações da esposa Priscila ficaram fortes e não deu tempo de chegar ao hospital. Clarice nasceu saudável e passa bem. Mãe e filha foram levadas para o Hospital da Mulher e devem receber alta amanhã

diario da manha
Foto: Reprodução/PCGO

O escrivão da Polícia Civil do Estado de Goiás (PC-GO), Ricardo Vilaverde, fez o parto da própria filha na madrugada desta sexta-feira (12) na residência da família, em Goiânia. As contrações da esposa Priscila ficaram fortes e não deu tempo de chegar ao hospital. Após o nascimento de Clarice o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi chamado. Também esteve no local o médico pediatra que fez os primeiros atendimentos. Mãe e filha foram levadas para o Hospital da Mulher. Elas passam bem e devem receber alta amanhã (13).

Foto: Reprodução/PCGO

Apesar de Priscila ter sentido ontem os primeiros sinais de estar entrando em trabalho de parto, ainda não tinha dilatação. Segundo a médica levaria um tempo. Ela não sentiu nada até 1h, quando acordou com contrações fracas. Por volta de 2h as dores começaram a ficar fortes.

Em seguida a família entrou em contato com o obstetra. Ele pediu que se deslocassem até a emergência do Hospital da Mulher. No entanto, Priscila não conseguia se levantar, porque as contrações foram ficando muito fortes.

Então Ricardo ligou para a emergência da maternidade para avisar que estavam indo. Entretanto por volta das 3h a esposa entrou em trabalho de parto. Clarice nasceu no quarto da casa onde a família vive, pelas mãos do próprio pai.

Foto: Reprodução/PCGO

Assim que a limpou o escrivão chamou o SAMU, que chegou ao local após aproximadamente 25 minutos. O pediatra que esteve no local verificou se estava tudo certo com mãe e filha. O médico cortou o cordão umbilical e encaminhou Clarice e Priscila para a maternidade, onde seguem internadas.

Foto: Reprodução/PCGO
Foto: Reprodução/PCGO

Elas estão bem. A bebê nasceu saudável. A mãe está em observação, por protocolo médico. Devem receber alta hospitalar amanhã.

Comentários