Cidades

Motorista de aplicativo é morto a facadas durante assalto, em Goiânia

Um jovem foi preso e um menor, apreendido. Segundo a polícia, dois menores combinaram uma corrida e, ao chegar, um deles atacou a vítima.

diario da manha

Carlos Roberto da Silva, de 58 anos, desapareceu na segunda-feira (29). A família sentiu falta, pois não havia voltado para casa no horário de costume e não atendia o celular. A irmã chegou a registrar um boletim de ocorrências (b.o) na Polícia Civil (PC), mas, horas depois, soube que o corpo do motorista estava no Instituto Médico Legal (IML).

Para o delegado Fabrício Flávio Rodrigues, Carlos fez uma corrida até o Jardim Cerrado 7, onde deixou um passageiro. Em seguida, ficou parado, esperando aparecer algum outro passageiro pelo aplicativo. Nesse momento, dois menores chegaram e perguntaram se ele era motorista e combinaram uma corrida até o Jardim São Francisco.

Uma das câmera de segurança registrou quando o motorista para o carro a uma rua do bairro. O passageiro desce, puxa o motorista pela camisa e dá vários golpes de faca, mesmo ele já estando caído no solo, sem reação. Em seguida, entra no carro e foge, deixando o corpo de Carlos Roberto no meio da rua.

De acordo com as investigações, os dois menores seguiram até a casa de um jovem. “Ele é um dos indivíduos que organizou o crime. Forneceu a faca para um dos menores, estava com eles antes e seria o responsável pela guarda e posterior revenda do veículo roubado. Mas quando os dois menores retornaram até a residência desse maior, ele viu que tinha sangue no carro e mandou eles saírem de lá”, explicou o delegado.

*Com informações do G1

Comentários