Cidades

Família procura por peão de rodeio que sumiu quando retornava para Goiás

Anderson Cardoso Domingues residia em São Paulo e decidiu voltar para a cidade natal em Goiás, mas não chegou ao destino

diario da manha

A família do jovem Anderson Cardoso Domingues, de 29 anos, está desesperada com o desaparecimento do rapaz. Então, resolveram registrar o caso na Polícia Civil de Goiás, na última sexta-feira (9).

O profissional de rodeio saiu de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, com destino à Caldazinha, em Goiás e não foi mais visto.

Novas oportunidades

Anderson é goiano e decidiu voltar em busca de novos trabalhos, já que a quantidade de rodeios em Ribeirão Preto diminuiu por conta da pandemia do coronavírus.

A mãe do jovem, Sirlene Domingues Vieira Teixeira, afirma que o filho trabalhava muito e nos últimos meses fazia diárias de montagem em fazendas no interior paulista, mas que recebia pouco.

“Durmo mal ultimamente e choro muito com essa angústia em não saber onde meu filho está. Não sabemos se ele foi morto ou virou morador de rua. Pode estar passando fome”, desabafa a mãe.

Viagem de carona 

Segundo as informações que passaram para Sirlene Teixeira, ele decidiu retornar pegando carona na estrada e com pouco dinheiro no bolso.

Mas ela não sabia que o filho queria voltar para Caldazinha nestes últimos dias. 

“O último dia que ele falou comigo foi em 23 de setembro e não comentou nada que viria embora. Dia 30 de setembro eu me preocupei, porque ele não tinha ligado mais. Liguei para o amigo dele da fazenda, e ele me falou que dia 24 de setembro ele tinha saído da fazenda, dizendo que estava vindo embora”, relata a mãe.

Última informação 

A última notícia que a família teve sobre Anderson foi dita por um amigo que morava com o jovem, em uma fazenda do interior paulista, na qual ele tinha ido embora.

Com isso, a preocupação da mãe aumentou por causa das condições de viagem a que o filho se submeteu e o sumiço dele.

*Com informações do G1

Comentários