Cidades

Goiânia: Procon fiscaliza açougues devido à alta no preço da carne

O alto preço da carne motivou a fiscalização do Procon em açougues da capital. Até o momento quatro empresas foram notificadas

diario da manha

Na manhã desta sexta-feira (30), o Procon fiscalizou vários açougues na capital goiana, devido ao alto preço da carne. Os estabelecimentos que estiverem praticando preço abusivo podem ser autuados com multa que varia de R$ 652 mil a R$ 9,2 milhões.

Durante a fiscalização, quatro empresas receberam notificação e duas foram autuadas por vender produtos impróprios para o consumo e sem procedência. O Procon deu a essas empresas o prazo de até dez dias para a entrega de documentações como notas fiscais de entrada e saída dos produtos do estabelecimento.

As documentações que foram exigidas pelo Procon, permitem a comparação de valores com outros açougues. Os açougues que foram fiscalizados não tiveram os nome divulgados.

Em pesquisas feitas pelo Procon, entre os dias 30 de setembro e 7 de outubro, a carne ficou em terceiro lugar na lista de item mais caros da cesta básica.

*Com informações do G1.

Comentários