Cidades

PRF alerta motorista para feriado com chuva e movimento intenso nas BRs, em Goiás

Os polícias pedem atenção às regras de trânsito e para o uso de cinto de segurança, devido período chuvoso

diario da manha

Nesta sexta-feira (30) a Polícia Rodoviária Federal (PRF) inicia a operação Finados 2020, que se estenderá até a próxima segunda-feira (2), com o objetivo de aumentar a segurança do tráfego nas rodovias do país, além de prevenir e evitar acidentes durante o final de semana prolongado pelo feriado nacional. Devido as pistas molhadas, a PRF alerta que estará atenta ao comportamento dos motoristas nas rodovias federais que passam por Goiás.

Segundo a PRF, a expectativa nesse período é que o fluxo de veículos transitando pelas rodovias federais se intensifique. Para melhorar a segurança, o tráfego de alguns veículos de carga também será restringido em rodovias de pista simples. Conforme os polícias, não poderão trafegar veículos que excedem o limite de 50 toneladas. A medida vale para todo o país, com exceção do Acre e Roraima.

A PRF ainda alerta para os cuidados que os motoristas devem tomar nesse período. Os polícias pedem atenção às regras de trânsito e para o uso de cinto de segurança. Outro cuidado importante, é manter os faróis sempre acesos.

“É importante que se faça conferência dos itens de segurança do veículo, calibrando os pneus e observando os sucos dos pneus, checando o bom funcionamento dos limpadores de para-brisas e testando o funcionamento das iluminações como faróis, lanternas traseiras, setas, luzes de freio e ré”, alertaram.

Os políciais também orientam os motoristas a tomarem cuidado com a pista molhada. Nesses casos a velocidade do veículo deve ser reduzida. O motorista ainda deve aumentar a distância em relação ao veículo à sua frente, para evitar o risco de colisão por conta das pista escorregadias.

No caso de chuva muito forte, A PRF orienta o motorista a buscar um local seguro e, assim que possível, parar o carro mas nunca sobre a pista.

PRF inicia a operação Finados 2020/ Foto: Divulgação PRF

Comentários