Cidades

Mulher é condenada a 25 anos de prisão por matar e queimar corpo da mãe

diario da manha

Na ultima segunda-feira (23), uma mulher foi condenada pelo Tribunal do Júri, a 25 anos de prisão pela morte da mãe. Cátia Nunes Miranda, e seu namorado Wilton Marques Teixeira, por interesse financeiro, cometeram o assassinato. O corpo da vítima foi encontrado carbonizado em Sobradinho dentro de um veículo. Wilton havia sido condenado em 2019.

A suspeita de ter matado sua mãe, foi presa em (17) de maio de 2018 por policiais da 35ª DP (Sobradinho 2). As investigações concluíram que Cátia teria sido a mandate do assassinato, que ocorreu em 9 de setembro de 2012 na DF-326, perto do Polo de Cinema e Vídeo, em Sobradinho.

O magistrado Eduardo da Rocha Lee, na sentença detalhou que, várias etapas da empreitada criminosa evidenciam que ela fora prévia e cuidadosamente planejada. Premeditação revela dolo intenso e concreta determinação para o cometimento do homicídio da vítima, potencializando, por certo, o grau de repulsa.

Cátia teve uma pena definitiva de 25 anos e quatro meses de reclusão em regime fechado. Porque o crime foi praticado contra ascendente motivo torpe, e a vítima tinha mais de 60 anos. Seu namorado está preso desde de 2019.

*Com Informações do Metrópoles.

Comentários