Cidades

Em Iporá menino estuda mesmo com os dois braços engessados

diario da manha

Na zona rural de Iporá, região central de Goiás, Kael Lucas Alves, de 5 anos, fraturou os dois braços enquanto brincava em casa. Ele precisou mobilizar os dois braços, mesmo assim o menino não perdeu a motivação para continuar os estudos.

O menino precisou ficar duas semanas com os braços imobilizados por causa dos ferimentos, na ultima terça-feira (8), ele retirou o gesso do braço esquerdo, que foi menos machucado. Mas ele não parou de estudar por causa disso, mesmo sem conseguir escrever.

Segundo a avó do menino, Maria Alves, de 51 anos, disse que o neto faz questão de acompanhar as videoaulas e fazer todas as atividades que os professores pedem. Ele sempre foi esforçado e sempre gostou de estudar.

Maria ainda disse que o neto está ansioso para voltar a estudar, segundo ela, ele está sentindo muita faltas dos amigos e da professora. E sempre pergunta qual dia irá para a escola.

A professora, disse que ficou emocionada quando Kael e a avó decidiram continuar as atividades, mesmo com os braços fraturados.

*Informações do G1.

Comentários