Cidades

PC investiga morte de motorista de app assassinado com tiro na cabeça no DF

Vítima estava desaparecida desde às 22h de terça-feira (1º/12), mas ontem à noite a polícia encontrou o trabalhador morto com um tiro na cabeça, próximo ao Polo de Cinema, em Sobradinho

diario da manha

A morte do motorista de aplicativo, Roosevelt Albuquerque da Silva, 31 anos, está sendo investigada pela Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF). Ele estava desaparecido desde às 22h de terça-feira (1º/12), mas ontem à noite a polícia encontrou o corpo do trabalhador na entrada para o Polo de Cinema, em Sobradinho. Segundo Peritos do Instituto de Criminalística (IC) a vítima foi executada com um tiro na cabeça.

As investigações conduzidas pela 13ª Delegacia de Polícia (Sobradinho), apontam que o motorista teria pegado passageiros na área central de Brasília, minutos antes de desaparecer. A polícia não encontrou nenum pertence próximo ao corpo de Roosevelt, indicando que ele possa ter sido vítima de um latrocínio (roubo seguido de morte).

De acordo com o delegado-chefe da 13ª DP, Hudson Maldonado, para tentar identificar os autores do crime, equipes de investigação estão nas ruas. “Estamos fazendo as apurações preliminares para chegar à autoria. Com certeza, foi um crime brutal, pois não deram chance de defesa para o rapaz. Vamos investigar esse caso com todo o rigor que ele merece”, disse.

Comentários