Cidades

Suspeito de envolvimento na morte de policial no DF é preso

Quatro pessoas foram presas, suspeitos de participação em um grupo criminoso especializado em roubo de carros

diario da manha
Foto: Reprodução

Nesta quinta-feira (3), por meio da 19ª Delegacia de Polícia a Polícia Civil (PCDF), prendeu o último suspeito de envolvimento na morte do policial militar Walisson Holanda, de 28 anos. O crime aconteceu no último dia 16 de novembro em Ceilândia, no Distrito Federal.

Walisson Holanda foi morto com um tiro no peito quando estava na garagem de casa com dois amigos. Enquanto conversavam, criminosos anunciaram um assalto e começou uma troca de tiros que culminou na morte do policial. Em seguida, os suspeitos correram do local. Segundo as investigações quatro pessoas participaram no crime.

Uma operação, denominada Conclusioni, foi deflagrada para apurar o caso, foram cumpridos um mandado de prisão preventiva e dois de busca e apreensão. Com a prisão do último suspeito hoje (03), a Polícia Civil concluiu o caso.

De acordo com Gustavo Augusto Araújo, delegado responsável pelo caso, todos os participantes do crime já possuíam passagem na polícia. Os suspeitos deverão ser indiciados por latrocínio consumado e podem pegar pena de 20 a 30 anos de reclusão.

Anteriormente, outros três autores foram presos em flagrante. Segundo o delegado, os suspeitos pertenciam a um grupo criminoso especializado em roubo de veículos. Confira na entrevista:

Comentários