Cidades

Diretor de colégio militar ameaça expulsar aluno

diario da manha
Foto: vídeo Tv Anhanguera.

Na última quinta-feira (11), o Major Antônio Aparecido de Belelli, diretor do Colégio Militar de Caldas Novas, não ficou nada contente após uma montagem viralizar nas redes sociais. O Major interrompe uma aula online e ameaça expulsar e denunciar o aluno que teria usado um aplicativo para editar sua foto. Ressalta ainda que o estudante deverá comparecer à escola acompanhado dos pais e que enviaria uma viatura para buscá-lo.

Durante a aula, o PM diz que poderá entrar com um processo contra o estudante pelo uso de sua imagem.

“Eu posso entrar com um processo crime contra o aluno por ter colocado minha imagem fazendo palhaçada (…). Se o aluno estiver ouvindo, antes que a viatura vá na casa dele, pede para o pai ou mãe trazê-lo na escola. Eu aconselho o aluno e os pais virem à escola antes que eu protocole na delegacia de polícia um TCO [Termo Circunstanciado de Ocorrência] contra o aluno e peço a expulsão formalizada dele da escola”, afirmou o militar.

Belelli afirma que interrompeu a aula após ser acionado pela coordenação pedagógica da escola, para cessar a confusão causada pelos alunos que utilizavam do vídeo para atrapalhar as aulas.

“Minha intervenção em sala de aula ao vivo foi devido a coordenação pedagógica me solicitar afirmando que não havia condições de continuar a aula devido as gracinhas que os alunos estavam fazendo e atrapalhando a aula”, afirmou.

O militar explica que a viatura que iria mandar para buscá-lo se referia a um veículo pedagógico usado pela escola para levar atividades na casa dos estudantes, e não policial. Disse também que nenhum aluno foi expulso, apenas advertido.

A Policia Militar disse que tomou conhecimento sobre o assunto do Colégio Estadual da Policia Militar Nivo das Neves, em Caldas Novas, e que através do Comando de Ensino da Polícia Militar irá apurar as circunstanciais do ocorrido.

*Com informações do G1.

Comentários