Cidades

Medida para embarque prioritário nos ônibus apresenta problemas no primeiro dia

diario da manha

Entrou em funcionamento nesta terça-feira (23/3) a medida que permite o embarque prioritário de funcionários de serviços essenciais, nos ônibus do transporte coletivo em Goiânia e região metropolitana. E mesmo com mais de 50 mil cadastros para ter acesso ao transporte, diversas pessoas mesmo cadastradas não conseguiram embarcar.

Em entrevista ao Balanço Geral Manhã da Tv Record de hoje, uma dona de casa identificada como dona Iris afirmou que seu direito de ir e vir foi tirado. “Sai de casa para fazer um exame, e agora não consigo voltar. Tenho que esperar sei lá quantas horas para voltar para a minha casa. Sinto que perdi o meu direito de ir e vir”, declarou.

Além da mulher outras pessoas também reclamaram de não conseguir embarcar no ônibus mesmo com o cadastro feito. Quem estava esperando por exemplo para embarcar, só conseguiu adentrar aos terminais a partir das 7h15, quando as catracas foram liberadas.

Leia também:

Comentários