Cidades

“Anjo da Morte”: Homem acusado de matar 24 pessoas é preso no Acre

Fábio Feitosa, pistoleiro do Primeiro Comando da Capital (PCC), é acusado de matar 24 pessoas. Ele foi preso em Rio Branco no Acre

diario da manha

O pistoleiro do Primeiro Comando da Capital (PCC) Fábio Feitosa Souza, de 32 anos, mais conhecido como “Anjo da Morte” foi preso na quarta-feira (21) por Agentes da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). O homem é acusado de matar 24 pessoas, sendo que oito delas foram assassinadas pelo pistoleiro em um intervalo de seis meses.  

Fábio já estava sendo monitorado há aproximadamente um mês. O trabalho do núcleo de inteligência da polícia localizou ele em uma residência na rua Espirito Santo, em Rio Branco (AC), onde aconteceu a prisão.

O homem já é condenado pela Justiça a mais de 100 anos de prisão por homicídios, latrocínios, roubos, formação de quadrilha e organização criminosa. Ele cumpria a pena em prisão domiciliar, alegando que precisava tratar um câncer no ouvido. No entanto, estava foragido desde que cortou a tornozeleira eletrônica.

A polícia disse ao portal ac24horas que a facção Comando Vermelho oferecia R$ 20 mil pela cabeça do Anjo da Morte, que chegou a matar um líder da organização.

Fábio Feitosa foi encaminhado à delegacia especializada para depoimento e em seguida foi conduzido à Delegacia de Flagrantes (Defla), onde aguarda para ser levado a Penitenciária Francisco de Oliveira Conde.

*Com informações do ac24horas.

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe DM Online www.dm.com.br pelo WhatsApp (62) 98322-6262 ou entre em contato pelo (62) 3267-1000.

Leia também:



Comentários