Cidades

Cachorro baleado é resgatado por veterinário

cão também estava com sinais de espancamento pelo corpo

diario da manha

Na cidade de Carmo do Rio Verde, um cachorro de rua foi encontrado baleado e socorrido por um veterinário. Segundo o veterinário, Pablo Ricardo Alves de Moraes, a bala atingiu de raspão entre a testa e orelha do animal. Ele informou ainda que o cão também estava com sinais de espancamento pelo corpo.

“Foi muita sorte ele não ter morrido. Acredito que ele tenha se mexido na hora do disparo. O cachorro também estava com muitos ferimentos na região da barriga, como se tivesse levado chutes. Fiquei indignado”, disse o veterinário.

De acordo com o veterinário, ele estava abastecendo o carro em um posto da região quando ficou sabendo do animal pelos frentistas, na última segunda-feira (12). Ele informou que, imediatamente, desceu do carro e começou a ajudar o cachorro, chamado pelos moradores de “Junior”.

Ele contou que foi atrás do animal, que estava perto. O cachorro estava acanhado, com medo e com muita dor. Pablo teve que sedá-lo para conseguir pegá-lo e olhar os ferimentos. Acredita-se que ele estava ferido há uns três dias.

Solidarizado com a situação do animal, o veterinário o colocou em seu carro para oferecer tratamento. O profissional contou ainda que há muitos cães de rua na região e que ele sempre ajuda a cuidar.

Junior, o cãozinho, teve seus ferimentos tratados. No início da tarde desta quarta-feira (14), o cachorro já estava conseguindo andar, comer e beber sozinho, após ser medicado, segundo Morais.

“Ele é um cachorro muito bom, moleque de tudo. Está mais disposto, comendo e bebendo, mas ainda continua sendo medicado”, disse o veterinário.

Um boletim de ocorrências foi registrado e a Polícia Civil da cidade vai investigar o caso.

Comentários