Cidades

DF: Mulher morre após ser mordida e esfaqueada pelo marido

Tatiane Pereira da Silva chegou a ser internada no Hospital Regional de Planaltina, não resistiu aos ferimentos e morreu. Agressor foi preso

diario da manha

Um homem foi preso na madrugada desta terça (13) suspeito de morder e matar a companheira esfaqueada após uma discussão, no Distrito Federal. O crime aconteceu na última sexta-feira (9) e a vítima chegou a ser internada no Hospital Regional de Planaltina. Tatiane Pereira da Silva de 41 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu nessa segunda (12).

A vítima, apesar dos ferimentos, procurou a 6ª Delegacia de Polícia (Paranoá) e registrou um boletim de ocorrência contra Manoel Paulo Severino da Silva. A briga começou por volta de 00h15 de sexta, conforme registrou a ocorrência, que inicialmente foi notificada como lesão corporal por violência doméstica.

No mesmo dia, Tatiane ainda solicitou medidas protetivas, que foram concedidas a ela pela Justiça. Nas medidas, o agressor não poderia se aproximar da vítima, familiares e testemunhas com distância de no mínimo 300 metros. Além disso, não poderia entrar em contato com ela por nenhum meio de comunicação, como ligação telefônica, WhatsApp e entre outros.

Morte

Para a polícia, os ferimentos que Tatiane apresentava poderiam ser mais graves do que aparentavam. Após as agressões, a família dela relatou que a mulher esteve duas vezes no Hospital Regional do Paranoá a com vômitos, náuseas e dores abdominais. Mas foi examinada e voltou para casa nas duas ocasiões.

Os sintomas se agravaram e Tatiane começou a urinar sangue, por isso resolveu ir ao Hospital Regional de Planaltina, onde acabou sendo internada, mas morreu horas depois após sofrer uma parada cardiorrespiratória, conforme informou a família dela.

Discussão entre o casal

O casal vivia em união estável há cerca de 6 anos e tem um filho de 3 anos.  Segundo a PCDF, as agressões começaram no ano passado. No dia da briga, o casal havia acabado de chegar em casa após ter saído de um bar na DF-250. Manoel queria retornar ao estabelecimento e Tatiane não, o que gerou a discussão. 

O homem mordeu o braço dela e a esfaqueou na perna. Depois disso, ela foi à casa da mãe e, na tarde daquele dia, procurou a polícia.

Na segunda-feira, porém, a delegacia foi informada, por um familiar da mulher, que ela estava internada em estado grave e que precisaria passar por cirurgia, em decorrência das agressões sofridas. O quadro de saúde de Tatiane piorou e ela faleceu à tarde.

*Com informações do Metrópoles.

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe DM Online www.dm.jor.br pelo WhatsApp (62) 98322-6262 ou entre em contato pelo (62) 3267-1000.

Leia também:


tags:

Comentários