Cidades

Mãe e padrasto são presos suspeitos de agredir criança de 4 anos

Pai denunciou o caso após o menino ter enviado uma mensagem de despedida dizendo que ia 'morrer'

diario da manha
Foto: Reprodução/Balanço Geral

A mãe e o padrasto de uma criança de 4 anos foram presos suspeitos de agredirem o garoto. O pai da criança denunciou o caso após ter recebido uma mensagem de despedida, onde o garoto dizia “que iria morrer e que não iria voltar mais”. As informações são do Balanço Geral.

O cantor Júnior Sales, pai do menino, contou que já buscava provas de que o filho estava sofrendo algum tipo de violência, pois já vinha suspeitando do comportamento do filho.

Na última visita dele com o filho, o menino confessou que era agredido pelo padrasto Augusto Silva de 29 anos, mais conhecido como Guto, enquanto tinha o consentimento da mãe, Natália Belanga, de 36, para continuar com as agressões.

O pai ainda relata que já identificou alguns hematomas no corpo do filho. “Já chegou com roxidões, marcas no rosto, quando ia dar banho nele a gente via as costas às vezes com roxidões”.

Segundo ele, os autores agrediam o menino em lugares que não iriam deixar marcas. Júnior diz que os dois agrediam a criança nas solas dos pés, nas genitais e na barriga.

Pai relata que filho confessou as agressões, mas já desconfiava que algo não estivesse ocorrendo bem na casa da mãe do menino- Imagem: Reprodução/Balanço Geral

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe DM Online www.dm.com.br pelo WhatsApp (62) 98322-6262 ou entre em contato pelo (62) 3267-1000.

Leia também:


Comentários