Cidades

Homem que ateou fogo em distribuidora se diz arrependido

O mesmo informou que se arrependeu da atitude. O crime foi filmado por câmeras de segurança que estavam no local

diario da manha

O homem que ateou fogo em distribuidora em Goiânia, prestou depoimento à polícia. O mesmo informou que se arrependeu da atitude. O crime foi filmado por câmeras de segurança que estavam no local. De acordo com a Polícia Civil, o homem agiu em um momento de raiva. Após ser ouvido, ele foi liberado.

Em entrevista a TV Anhanguera, o cliente contou que estava bebendo na distribuidora, quando sentiu vontade urinar, porém o banheiro estava ocupado. Sendo assim, ele fez suas necessidades fisiológicas no poste ao lado do comércio. O dono então se irritou que começou a xinga-lo.

O crime ocorreu na última segunda-feira (17), no setor Pedro Ludovico. As imagens de segurança mostram o momento em que o homem despeja um liquido na porta do comércio e, em seguida, risca o fosforo, ateando fogo no local.

Segundo a delegada responsável, Mila Junqueira, o investigado se apresentou espontaneamente na delegacia na tarde da terça-feira (18). O mesmo assumiu a responsabilidade e disse que está arrependido. Após se explicar o homem foi liberado, pois, não havia flagrante.

“Ele foi ouvido na terça-feira, mas não foi preso, porque, além de ele ter se apresentado de forma espontânea, ele não tinha apresentado perseguição contínua e também já tinha passado o período de flagrante”, informou a investigadora.

Sobre a confusão

O dono da distribuidora não quis se identificar, porém, informou que o após o cliente começar a se exaltar, ele tentou intimidá-lo com um bastão.

“Ele começou a xingar. Como ele é um pouco mais forte que eu, eu quis intimidá-lo. Eu fui ao meu carro e peguei um bastão. Ele correu. Em vez de ele pegar o carro dele e ir embora, ele voltou. Eu corri com ele de novo”, contou.

O cliente, responde em liberdade por crime de dano qualificado, por ter feito uso de explosivo ou substancia inflamável.

Comentários