Cidades

Idoso é suspeito de esfaquear a ex-mulher e tentar se matar, em Rio Verde

Familiares contou que mesmo separados, a ex-mulher cuidava do idoso, e no momento, ela teria ido até a casa para fazer o almoço

diario da manha
Facas que podem ter sido usadas pelo idoso - Foto: Divulgação/PM GO

Um idoso de 70 anos é suspeita de esfaquear a ex-mulher e, em seguida, tentar se matar, na cidade de Rio Verde, região sudoeste de Goiás. De acordo com informações da Polícia Militar, familiares relataram que ambos foram casados por 37 anos. Os dois estão internados em estado grave.

O caso aconteceu na manhã da última quinta-feira (13), na casa do idoso que fica localizada no Setor Interlagos, em Rio Verde. Segundo a Polícia Militar, a vítima de 58 anos levou ao menos sete facadas, mas só a perícia poderá definir com exatidão. Já o idoso foi atingido por dois golpes.

Os dois foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e em seguida encaminhado para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), da cidade. Como ambos ficaram gravemente feridos, tanto a vítima quanto o idoso, foram encaminhados para dois hospitais de atendimento especializado na região.

O coronel Leandro Ferreira Carvalho, comandante da PM em Rio Verde, informou que duas facas que podem ter sido utilizadas no crime, foram apreendidas. Ainda de acordo com o comandante, a família contou que, mesmo após a separação, ex-mulher continuava cuidando do idoso e, por isso, ela estava na residência dele.

”Soube-se que esse casal ficou cerca de 37 anos junto. Ela teria ido na casa para fazer o almoço. Houve uma discussão, e o senhor, na posse de duas facas, desferiu vários golpes na vítima”, explicou o comandante Leandro.

De acordo com informações da Delegacia da Mulher de Rio Verde, até a manhã desta sexta-feira (14), a mulher e o ex-marido continuam internados em estado grave e, por isso, eles ainda não prestaram depoimento. A polícia aguarda laudo de exame de corpo de delito. O caso é tratado como tentativa de feminicídio.

Comentários