Cidades

Mãe é indiciada por matar e colocar fogo no corpo do filho em Anápolis

diario da manha
Foto: Divulgação/GIH

O inquérito que investiga a morte de um recém-nascido, que foi carbonizado no dia 12 de maio em Anápolis foi concluído nesta segunda-feira, 24.

De acordo com as informações divulgadas, a mãe da criança foi indiciada pelos crimes de ocultação de cadáver e homicídio duplamente qualificado por asfixia e impossibilidade de defesa da vítima.

O delegado do caso Wlisses Valentim do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH), afirmou que durante as investigações, o recém-nascido foi morto asfixiado pela mãe, após ela o envolver em um cobertor e o colocar em uma caixa de papelão.

De acordo com o delegado, isso ocorreu momento antes, da mãe da criança colocar fogo no corpo do filho, que nasceu saudável e com cerca de três quilos.

A mãe que é suspeita do crime, segue presa em um presídio em Aparecida de Goiânia, na região metropolitana da capital e à disposição da Justiça.

Leia também:

Comentários