Cidades

Servidor é preso por vazar nudes de jovem

Além da vítima, o servidor teria espalhado imagens de outras mulheres, sem que elas soubessem

diario da manha

Em Valparaíso de Goiás, entorno do DF, um servidor da prefeitura foi preso, após vazar nudes de uma jovem. As fotos da mulher de 22 anos foram espalhadas em um grupo de mensagens com cerca de 40 homens. De acordo com o delegado responsável pelo caso, Pedro Teixeira, além da vítima, o servidor teria espalhado imagens de outras mulheres, sem que elas soubessem.

“Ele divulgou uma rolagem da galeria de fotos dele, em que aparece tanto a vítima que veio à delegacia para registrar a ocorrência quanto outras mulheres. São cerca de cinco a dez mulheres que tiveram imagens transmitidas nesse grupo, provavelmente sem o consentimento ela

Segundo o G1, a defesa de Daniel Sena de Melo não foi localizada a fim de um esclarecimento sobre os fatos.

Já uma nota enviada para a TV Anhanguera, a Prefeitura de Valparaíso informou que está ciente sobre a situação, porém, aguarda mais informações sobre a investigação para se manifestar. As medidas administrativas serão tomadas assim que o caso policial for esclarecido. O servidor atua como auxiliar operacional de serviços administrativos.

A prisão de Daniel aconteceu em flagrante na última quarta-feira (19), pela Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) de Valparaíso.

O delegado informou que a polícia chegou até Daniel após a vítima denunciar que teve fotos e vídeos captados sem seu consentimento e que o mesmo teria divulgado as imagens em um aplicativo de mensagens.

Após as investigações policiais, o homem foi localizado e preso. Danil foi encaminhado ao presídio da cidade, caso condenado por divulgação de cena de sexo, nudez ou pornográfica, ele pode cumprir até cinco anos de prisão.

Comentários