Cidades

Condenado homem que filmou namorada agonizando e postou nas redes sociais

O crime aconteceu em 31 de janeiro de 2018, em Cuiabá (MT), e foi agravado após o jovem divulgar um vídeo que gravou da vítima agonizando

diario da manha

Maycon Júnior da Silva Dantas foi condenado a 21 anos pelo assassinato de Vanessa Tito Poquiviqui Ramos, de 21 anos, em 31 de janeiro de 2018, em Cuiabá (MT). Após o crime, ele publicou uma gravação de cerca de 15 minutos em que a vítima aparecia ainda agonizando.

“Depois de protagonizar durante horas um filme de sofrimento e terror, a vítima foi asfixiada pelo réu quando ainda se encontrava no quarto e, provavelmente, quando já estava morta, ele a arrastou até um colchão que se encontrava na sala da casa, onde abandou o corpo e empreendeu fuga”, diz a decisão de quinta-feira (24).

Na gravação, Maycon debocha da vítima, que agoniza e sofre agressões. O assassino publicou a gravação nas redes sociais logo após o enterro da jovem. Vanessa já era vítima de agressões físicas e psicológicas desde o início do namoro com o autor de sua morte.

No dia do crime, ela pediu que o irmão fosse buscá-la na casa do assassino, uma vez que pretendia terminar o relacionamento. “Conclui-se que o réu praticou o crime de forma premeditada, pois sabendo que a vitima iria deixá-lo na manhã seguinte, a torturou no decorrer da noite e, ao amanhecer, concluiu o seu intento criminoso”, continua a decisão.

Maycon já havia sido acusado por violência doméstica por duas ex-namoradas, e tinha antecedente por porte ilegal de arma de fogo e lesão corporal e injúria contra uma menor de idade.

*Com informações do RDNews.

Leia também:

Comentários