Cidades

Falso fiscal da AMMA é preso pela ROTAM

Suspeito informou a vítima que ela teria uma multa de R$ 20 mil por poluição sonora, e cobrou cinco mil reais para que a multa não fosse lançada no sistema da Agência

diario da manha

Um homem foi preso em flagrante na tarde de terça-feira, 29, suspeito de estelionato ao se passar por um fiscal da Agência Municipal do Meio Ambiente (AMMA) de Goiânia. Segundo as informações divulgadas, o falso fiscal cobrava das vítimas propina para suspender supostas multas.

De acordo com a polícia, o falso fiscal entrou em contato com um comerciante e informou que ele havia sido multado em R$ 20.000,00 por poluição sonora. Após repassar a informação a vítima, o suspeito do crime cobrou R$ 5 mil para que a suposta multa não fosse lançada no sistema da AMMA.

A vítima informou que o suspeito era familiar de alguns amigos, e que dias antes havia feito uma festa para poucas pessoas, no Dia dos Namorados para ser mais preciso, e que pensou ter sido multada neste dia.

Segundo as informações divulgadas pela polícia, a mulher foi até agência e lá descobriu que não havia nenhuma denúncia de poluição sonora em seu endereço. Os fiscais da AMMA então disseram a ela para procurar a Polícia Militar do Estado de Goiás (PMGO).

A vítima entrou em contato com a PM, e orientada pela equipe policial, combinou de encontrar com o suspeito para passar parte do dinheiro na praça de alimentação de um shopping da capital. Após combinar o encontro com o falso fiscal e passar parte do dinheiro, a polícia entrou em cena e prendeu o suspeito pelo crime de estelionato em flagrante e o levou para a Central de Flagrante de Goiânia, onde ele foi autuado pelo crime.

Leia também:

Comentários