Cidades

Homem que matou a filha de 13 anos aparece em lista dos mais procurados de SP

A filha havia denunciado o pai por estupro durante o período que ele estava preso pelo mesmo crime

diario da manha

O homem que matou a filha de 13 anos a facadas em 2018, está na lista dos criminosos mais procurados de São Paulo. Horácio Lazareno Lucas, está foragido desde o dia do crime, em 3 de outubro daquele ano, em São Roque.

A estudante Letícia Tanzi Lucas, foi morta horas depois que Horácio deixou a prisão, onde cumpria pena por estupro contra a cunhada. A filha havia denunciado o pai durante o período que ele cumpria a pena, por também ter abusado dela.

O homem saiu da penitenciária com o benefício de recorrer da primeira acusação de estupro em liberdade. Buscando anular a denúncia, ele foi até a casa tentar convencer Letícia a retirar as acusações, porém a jovem se recusou e o criminoso a esfaqueou várias vezes.

Na época, a polícia concluiu o inquérito e o suspeito teve prisão preventiva decretada. Mas após falsas denúncias e pistas baseadas em boatos de moradores, os investigadores não conseguiram achar o paradeiro de Horácio, que continua foragido até hoje.

Segundo relatos, ele foi visto andando em matas de São Roque e Mairinque. No entanto, a polícia não o encontrou durante as buscas. Horácio nasceu e foi criado na região, por isso tinha conhecimento de trilhas na mata densa de São Roque.

Denuncie

Horácio possui uma tatuagem no braço esquerdo escrito “Tamires”. Para denunciar sobre o procurado, o telefone é o (11) 3311-3148. Um e-mail também pode ser encaminhado para [email protected]

Não é preciso se identificar pelo 181 ou direto com o setor de Capturas, pelo telefone (11) 3311-3021.

*Com informações do G1.

Leia também:

Comentários