Cidades

Pai é preso suspeito de abusar da filha mais de 20 vezes em Goiânia

O suspeito já possuí outra passagem por crimes contra a dignidade sexual, em que a vítima era sua segunda filha, e foi registrado em 2006, quando a menina tinha 13 anos

diario da manha

Durante a Operação Acalento deflagrada na última quarta-feira, 9, pela Delegacia de Proteção à Criança e ao adolescente (DPCA), o pai de uma menina de 12 anos foi presos suspeito de abusar sexualmente da filha mais de 20 vezes.

O indivíduo, de 52 anos, não teve a identidade revelada e foi preso em cumprimento de mandados de prisão temporária e de busca e apreensão. De acordo com as informações divulgadas pela polícia, o crime teria ocorrido no Setor Novo Horizonte, em Goiânia.

Durante as investigações a polícia descobriu que desde 2019, quando a criança tinha 10 anos, era abusada sexualmente pelo próprio pai, o qual acariciava seus seios, nádegas e vagina. De acordo com a polícia, o genitor ainda introduzia os dedos na genitália da filha, e a roçar o pênis em seu corpo, além de beijá-la na boca.

A polícia descobriu durante as investigações que o pai da criança tem passagens por crime contra a dignidade sexual, fato ocorrido em 2006, praticado com sua segunda filha, que na ocasião tinha 13 anos.

Após verificar a veracidade dos fatos e identificar que o suspeito pretendia fugir, a equipe policial pediu pela prisão temporária do indivíduo, o qual foi atendido e o mesmo foi preso pelos crimes de estupro de vulnerável e se encontra neste momento à disposição da justiça.

Leia também:

Comentários