Cidades

Sem vacinas em estoque, cidades goianas suspendem agendamentos para primeira dose contra a Covid-19

Nesta quinta-feira (24) Goiânia vacina pessoas com 50 anos, gestantes, trabalhadores da educação, saúde e pessoas com comorbidades e deficiências

diario da manha
Foto: Reprodução

Sem as doses do imunizante contra a Covid-19 em estoque, Goiânia, Aparecida de Goiânia e Anápolis suspenderam os agendamentos para aplicação das primeiras doses das vacinas contra a Covid-19. Por enquanto, será vacinado somente quem conseguiu fazer o cadastro e marcou horário.

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado, anunciou na última quarta-feira (23) que cerca de 224 mil novas vacinas devem chegar ainda esta semana no estado, mas a aplicação da vacina D1 voltará o ritmo na próxima semana, após a distribuição.

Nesta quinta-feira (24) Goiânia vacina pessoas com 50 anos, gestantes, trabalhadores da educação, saúde e pessoas com comorbidades e deficiências. Por falta de vacina em estoque, somente três postos estarão atendendo: UPA Chácara do Governador, Ciams Novo Horizonte e Área I da PUC. Atendimento será das 9h às 16h.

Quem está com a segunda dose dos imunizantes CoronaVac e AstraZeneca atrasadas, pode se vacinar na UPA Jardim América, sem agendamento. Basta levar documento com foto e comprovante da primeira dose. Em Aparecida de Goiânia, até a última quarta-feira (23) havia pouco mais de mil doses para primeira aplicação e 7 mil doses para reforço. No municipio também segue vacinando apenas pessoas que já se cadastrou e conseguiu horário.

Em Anápolis, a aplicação da primeira dose já foi suspensa por que já se esgotou todo o estoque. No momento está disponível aplicação da segunda dose da CoronaVac e AstraZeneca.

Distribuição

A Superintendente da Vigilância em Saúde da Secretaria Estadual de Saúde de Goiás (SES-GO), Flúvia Amorim, explica que 224.980 chegam nesta semana e a distribuição das doses ocorrerá quando estiverem no Estado.

Há expectativa de que 155 mil cheque nesta quinta-feira (24) e o restante na próxima sexta-feira (25).

Flúvia ainda destaca que depois da deliberação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que prorrogou a data de validade das vacinas da Janssen, as 50 mil doses desta marca, de aplicação única, serão destinadas aos 24 municípios goianos com mais de 50 mil habitantes.

Ainda segundo Flúvia, as doses da Pfizer também serão destinadas apenas para primeira aplicação. ”Temos expectativa de que a chegada das vacinas volta a ser mais constante. Na próxima semana devemos receber mais doses da vacina AstraZeneca. Reforço a importância da vacina: a melhor vacina é a que está disponível”, afirma Flúvia.

Comentários