Cidades

Carro atropela pessoa, invade igreja e deixa cinco feridos em Catalão

O Corpo de Bombeiros foi acionado para socorrer as vítimas

diario da manha

Um carro atropelou uma pessoa e invadiu uma igreja, na última sexta-feira, 23, na Vila Mutirão, em Catalão (GO). Cinco pessoas ficaram feridas, o Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás (CBMGO) foi acionado para socorrer as vítimas.

Segundo o CBMGO, duas pessoas que estavam no carro, a que foi atropelada, um casal que passava pela calçada da igreja e uma jovem que estava dentro do templo religioso, foram resgatadas com vida e encaminhadas para unidades hospitalares da região.

Carro atropelou pessoa e invadiu igreja em Catalão
Foto: Divulgação

A motorista do carro, Maria Cristina Leandro da Silva de 47 anos, estava consciente e se queixando de dores na região do tórax devido acionamento do airbag. Ela estava com a saturação normal e batimentos acelerados. A passageira do veículo, Joyce Leandro Lopes de 22 anos, estava consciente e sem lesão aparente. As duas foram transportadas pela UR-225 até ao hospital São Nicolau.

Lorrane Ribeiro Rodrigues dos Santos de 22 anos, que estava dentro da igreja, apresentou uma fratura exposta com fragmentação do osso e laceração do tecido em toda a extensão do fêmur. Ela estava com sangramento intenso. A guarnição fez os primeiros atendimentos com curativo compressivo, promoveu o alinhamento do membro, realizou a imobilização com talas e entregou a vítima para a USA do Samu.

Cinco pessoas ficaram feridas no acidente e foram socorridas pelo CBMGO
Foto: Divulgação

A mulher que transitava na calçada, Maria Erika do Nascimento Silva Cunha de 25 anos se queixava de dores na região lombar. Durante o atendimento ela informou estar grávida de 28 semanas, porém não sentia dores na região abdominal.

Edilson Bruno Nogueira da Silva de 26 anos, que também caminhava pela calçada apresentava escoriações pelo corpo. Ele informou que foi arremessado para cima pelo veículo. Os dois foram encaminhados ao Pronto Socorro da Santa Casa.

Autoridades policiais foram acionadas para investigar as causas do acidente.

Comentários