Cidades

DF: Personal trainer é barrada em academia por vestir short considerado curto por funcionários

Vanessa avalia a possibilidade de levar o caso à Justiça

diario da manha

A personal trainer Vanessa Del Solar afirma ter sido impedida de entrar em uma academia na Asa Norte, em Brasília, por vestir um short considerado “curto” por funcionários do local. O caso ocorreu na segunda-feira, 20. De acordo com o contrato, os profissionais devem usar calça ou bermuda.

Vanessa afirma que já usou a mesma peça outras vezes, sem problemas, e que funcionários não tiveram qualquer tipo de tolerância. “Para mim, é uma bermuda e a roupa estava adequada”, diz.

Em nota, a Bluefit afirmou que exige dos personais um uniforme padronizado que os diferencie dos profissionais das unidades. “Apesar dos cuidados que tomamos, qualquer reclamação ou equívoco nas exigências pode ser levada à ouvidoria da rede. A empresa lamenta o ocorrido e já está em contato com a unidade e com a cliente para avaliar a situação”, diz o texto.

Segundo Vanessa ela foi repreendida pela recepcionista logo na chegada. “Disse que o short é curto. Eu falei que já usei a mesma roupa outras vezes e me disseram que a gerência mudou. Questionei se não haveria uma cartilha, algo que explicasse o que é adequado para adaptação”.

Ao tentar argumentar para saber se poderia entrar ao menos daquela vez, a personal afirma que foi informada que não.

“O que mais me afetou foi aquela exposição ali. Eu esperando na catraca, e só escutava que estava com um short curto. Eu tenho bom senso e consigo escolher uma roupa adequada. Sei que tenho que cumprir as regras da empresa, mas não teve tolerância, nem conversa”, disse.

A profissional, então, fez o treino do aluno com equipamentos que tem em casa. Em um desabafo em uma rede social ela disse que a situação foi “desagradável” e “inacreditável” e avalia a possibilidade de levar o caso à Justiça.

Comentários