Cidades

Homem é preso após chamar influenciador digital de “viadinho”, no DF

Ruy Rafael de Sousa Mattos, pagou fiança de R$ 1 mil e foi liberado.

diario da manha
Diego Pupe, influenciador digital. Foto: Reprodução.

Ruy Rafael de Sousa Mattos, foi preso em flagrante pelo crime de homofobia contra o influenciador digital Diego Pereira de Sousa, conhecido como Diego Pupe. O crime ocorreu quando a vítima chegava no condomínio onde mora, às margens do Lago Paranoá (DF), no último domingo (4).

Segundo Diego, o homem teria se oferecido para ajudar a mulher, que estava embriagada, mas o auxílio foi recusado. Ao perceber que Diego é homossexual, Ruy passou a xingá-lo de “viadinho”.

“Nunca nem vi esse cara na minha vida. Ele simplesmente disse que não gostava de viado e foi para cima de mim”, relata Diego.

De acordo com a vítima, após uma discussão, ainda na recepção, decidiu ligar para a polícia. Diego conta que Ruy ainda tentou pedir uma viagem de transporte por aplicativo.

“Eu explicava na portaria que ele estava tentando fugir de um crime e isso poderia dar consequências para o próprio motorista. Dessa forma, eles cancelavam”, relata.

Segundo Diego, quase uma hora e meia depois, apareceram três viaturas que conduziram os dois para a 5ª DP. Ruy foi preso em flagrante, mas solto após o pagamento de fiança de R$ 1 mil.

A vítima diz que pretende levar a diante o processo contra o homem. “Não vou deixar isso barato. Não que eu precise, mas para que ele não faça mais isso com ninguém”, afirma.

A reportagem tentou contato com Ruy que desligou o telefone quando informado que se tratava de uma entrevista.

Comentários