Cidades

Mãe e padrasto são presos por torturar e matar criança de 4 anos no RJ

Eles foram capturados por policiais civis da 105ª DP

diario da manha

Lucas Guimarães e Juliana Mirandella, foram presos em flagrante na última sexta-feira, 16, pelos crimes de tortura e homicídio qualificado contra uma criança de 4 anos, no bairro Quitandinha, em Petrópolis, região Serrana do Rio de Janeiro. O padrasto e a mãe da menina foram capturados por policiais civis da 105ª DP (Petrópolis).

Na quinta-feira, 15, Angelina Mirandella havia sido levada para a UPA Centro e transferida para a UTI do Hospital Alcides Carneiro, onde morreu. De acordo com o laudo de necropsia ela morreu devido um “traumatismo crânio encefálico, decorrente de ação contundente, e hemorragia subdural difusa”.

A polícia afirma que foram encontradas inúmeras provas que possibilitaram concluir que “a criança foi brutalmente assassinada pelo padrasto e contou com omissão criminosa da mãe”. Entre as provas, está uma foto que mostra que a criança foi torturada em janeiro, quando foi jogada água quente na mão dela.

Segundo a polícia, dezenas de testemunhas entre vizinhos e parentes foram identificadas e ouvidas. Imagens de monitoramento foram coletadas e uma perícia foi feita na casa da vítima.

O laudo pericial caracterizou a denominada “síndrome de Silverman” ou síndrome da criança espancada, “havendo lesões com cicatrizações antigas e recentes”.

Comentários