Cidades

Pedreiro desaparece no Rio Araguaia após sair com suposto amigo

O suposto amigo já apresentou duas versões diferentes sobre o ocorrido com o idoso de 74 anos

diario da manha

O pedreiro Cilas Garcia de Araújo, de 74 anos, está desaparecido há 4 dias. Ele foi visto pela ultima vez após sair com um amigo para ver cardumes com um amigo no Rio Araguaia, Goiás. A família do desaparecido disse que o colega que estava com ele voltou do passeio sozinho e não deu informações sobre o que teria acontecido.

“Ele não fala. Diz coisa com coisa. Que não sabe do Cilas. Estamos preocupados”, contou a esposa do Cilas, Ivone dos Santos.

O idoso desapareceu na última quarta-feira (30). Ele e o amigo saíram por volta das 18h, numa canoa motorizara para ver os peixes do Rio. Segundo a polícia possivelmente os dois estariam pescando no local.

Segundo o corpo de bombeiro que fez o resgate do amigo (não identificado), o sujeito foi encontrado em praia deserta, ilhado, após virar a canoa. Ele estava aparentemente bêbado e não disse a corporação que estava acompanhado.

“No dia que a gente encontrou o senhor ilhado, ele não relatou nada disso para a gente. Quando a gente fez o resgate, ele não referiu nada de que teria um companheiro na noite anterior”, disse o capitão, Guilherme Lisita, do Corpo de Bombeiros.

 

Acrescentou: “Supostamente, ele e o Cilas estavam fazendo uma pescaria e em algum momento a embarcação dele virou e eles caíram na água, essa foi a versão dele à Polícia”, contou. 

O capitão informou que a corporação está realizando buscas na região e que essa procura será intensificada na segunda-feira (5). O amigo que estaria com Cilas deu duas versões sobre o ocorrido. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.

com informações do G1*

Comentários