Cidades

Suspeito de aplicar “Golpe do Número Novo” em idosos é preso

De acordo com a polícia, no caso em questão, as vítimas, acreditando estarem atendendo pedidos de seus filhos, efetuaram os depósitos solicitados nas contas indicadas pelos suspeitos, via Whatsapp

diario da manha

O Grupo de Repressão a Estelionato e Outras Fraudes da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (GREF/DEIC), prendeu em flagrante, na última terça-feira, 17, um homem suspeito de aplicar o “Golpe do Número Novo” em idosos.

Segundo a polícia, os crimes ocorreram no dia 16 de agosto, causando um prejuízo de aproximadamente R$ 30 mil à vítima em Minas Gerais (MG) e o outro no dia 17 de agosto com prejuízo de aproximadamente R$ 8 mil em São Paulo.

A Polícia Civil do Estado de Goiás (PCGO) iniciou as buscas para captura e prisão do autor morador de Goiânia, e prendeu o suspeito no setor Jardim Planalto, pelos crimes de estelionato mediante fraude eletrônica contra idoso. O cartão da conta utilizada no segundo golpe foi encontrado com ele.

De acordo com a polícia, no caso em questão, as vítimas, acreditando estarem atendendo pedidos de seus filhos, efetuaram os depósitos solicitados nas contas indicadas pelos suspeitos, via Whatsapp. A justificativa usada pelo suspeito era de que “não estava conseguindo fazer transações bancárias naquele momento”. Veja abaixo:

O homem foi preso e está à disposição da Justiça. A polícia bloqueou R$20 mil numa das contas dele. O Inquérito Policial deve ser remetido para as comarcas dos estados das vítimas.

Leia também:

Comentários