Cidades

Médico suspeito de crime de estupro volta a ser preso

A liberdade provisória do médico durou cerca de 2 dias

diario da manha
Reprodução

Na manhã desta sexta-feira, 8, a equipe da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM), prendeu o médico Nicodemos Júnior Estanislau Morais, de 41 anos.

O médico havia sido solto na segunda-feira, 4, após uma decisão da Justiça, mas voltou a ser preso por ordem de um mandado de prisão preventiva expedido pelo juízo criminal da comarca de Abadiânia. A sua liberdade provisória durou cerca de 2 dias.

Após quatro novas denuncias contra o médico na Operação Sex Fraud, um novo inquérito foi iniciado, as vítimas relatam ter sido abusadas por ele.

Nicodemos Júnior, foi preso em Anápolis e, é investigado por crimes de estupro de vulnerável e violação sexual mediante fraude.

Leia Também:

Comentários