Cidades

Polícia Civil evita golpe de R$ 400 mil

Ademir Rodrigues Siqueira utilizava registro falso, com o nome do seu irmão

diario da manha
Reprodução

Um homem de 49 anos foi preso em flagrante, nesta terça-feira, 5, pela Policia Civil da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Cibernéticos (DERCC). Ao ser abordado pelos policiais Ademir Rodrigues de Siqueira, apresentou documento falsificado, expedido pelo Estado do Pará, ao qual consta sua foto, mas dados do seu irmão.

Ademir pretendia subtrair o valor de R$ 22 mil que estavam creditados na conta-poupança de seu irmão, em decorrência de indenização por acidente de trânsito sofrido por este, fato que lhe tornou portador de necessidades especiais.

Ele queria ainda contratar um empréstimo para uma suposta aquisição de imóveis, na Caixa Econômica Federal, no valor de R$ 400 mil, sendo todos os ganhos ilícitos pretendidos com a utilização do documento falso em nome de seu irmão.

Na porta da agência enquanto a prisão do homem era realizada, os policiais foram surpreendidos por uma senhora que afirma ter sido vítima de estelionato, praticado por Ademir. No ano de 2019, o homem teria se passado por advogado e foi contratado por esta senhora, pelo valor de R$ 2 mil. Somente depois de algum tempo, ela soube que ele não era advogado e que havia sido enganada.

Com o preso, foram encontrados diversos papéis que apontam para a prática de outros crimes, como falsificação de documento particular.

Leia Também

Comentários