Cidades

SP: Homem causa tumulto e é imobilizado no metrô

Ele confessou ter causado tumulto e ofendido os seguranças do Metropolitano

diario da manha

Um homem, de 21 anos, foi imobilizado por dois seguranças no metrô de São Paulo (SP) após causar tumulto e ofender os profissionais, na última quarta-feira, 20. A vítima estava com uma criança em um carrinho de bebê, quando o caso foi filmado por uma passageira.

A testemunha, Flávia Alves, pedia para não matarem o homem, enquanto isso as imagens mostram quando o bebê começa a chorar durante a confusão. A mulher explicou o caso em seu perfil no Instagram:

“Quando eu cheguei eles estavam discutindo por causa de uma abordagem agressiva que aquele pai presenciou! O policial que deu o mata-leão resolveu agredir ele verbalmente por causa da máscara que ele estava usando”, disse.

Ainda afirmou que durante a discussão a vítima reclamou que o carrinho de seu filho havia sido empurrado, o que fez com que o bebê caísse de cara no chão.

Reprodução Twitter

Em justificativa, o Metrô de São Paulo alegou que os agentes são treinados para agir assim, e também afirmou que o homem gerou tumulto ao tentar impedir a fiscalização contra comércio irregular.

Conforme a Companhia do Metropolitano de SP, o homem teria agredido funcionários com mordidas e cusparadas, confirmado pelo mesmo DP, e que esse seria o motivo de ser imobilizado. Em seguida, foi levado à Delegacia do Metropolitano (Delpom), onde foi registrado o boletim de ocorrência. O homem confessou ter tentado agredir os seguranças e foi liberado em seguida, segundo o Delpom.

Leia também:

Comentários