Cidades

Funcionário de uma padaria morre ao ter 70% do corpo queimado durante explosão

A faísca de uma lâmpada poderia ter ocasionado a explosão, junto com o vazamento de gás

diario da manha
— Foto: Reprodução/

O funcionário de uma padaria em Aparecida de Goiânia foi atingido por uma explosão ao chegar no trabalho. Wesley Ribeiro de 22 anos, chegou no local e acendeu uma luz, em seguida, a explosão aconteceu. Ele teve 70% do corpo queimado após o acidente e estava internado desde o dia 2 de novembro.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, a explosão pode ter sido ocasionada por um vazamento de gás, que depois provocou o fogo. Ele morreu em um hospital de Goiânia no ultimo sábado (27).

Segundo moradores da região, Wesley caminhou ao lado da esposa cerca de cerca de 70 metros em busca de socorro até o posto. De acordo com as informações repassada do hospital, o estado dele sempre foi considerado grave. Durante o período de internação, a família pediu por doações de sangue para o jovem.

“Provavelmente foi um vazamento e ele se concentrou na parte do meio da padaria, onde houve o maior dano. Provavelmente o trabalhador acionou alguma lâmpada, alguma faísca que ocasionou essa explosão”, disse na época o tenente Kenyo Rocha.

O dono da padaria disse, na época da explosão, que não sabe como o acidente aconteceu e que toda rede de gás tinha vistoria dos bombeiros. Devido à força da explosão, o prédio onde ficava a padaria ficou muito danificado e terá que ser demolido.

Leia Também


Comentários