Cidades

Polícia investiga celular de mulher que morreu após fazer procedimento estético, em Goiânia

Jenifer chegou a ficar internada após passar mal com o procedimento estético, mas morreu no última dia 4

diario da manha

Jenifer Maclis Virissimo de 34 anos morreu após fazer um procedimento estético no bumbum dentro de casa, em Goiânia. A família da vítima disse que no último dia 20 de novembro, ela teria combinado por meio de redes sociais, de fazer a aplicação de hidrogel, com uma pessoa ainda não identificada.

A Polícia Civil irá investigar as mensagens e transferências bancárias de pagamentos digitais, feitos pela vítima, o objetivo é encontrar os suspeito através dessas pistas. Segundo o delegado Bruno Soares Mateus, o celular é rico em informações e por meio desses dados podem chegar até a pessoa, que será indiciada por homicídio culposo.

Jenifer chegou a ficar internada após passar mal com o procedimento estético, mas morreu no última dia 4 de dezembro devido à falência múltipla dos órgãos.

A mulher foi enterrada na segunda-feira, 6, em Araguapaz, onde tinha familiares. O delegado informou que não tem informação se o responsável pela aplicação tinha alguma formação ou conhecimento na área estética. Familiares e amigos serão ouvidos nos próximos dias.

Leia Também:

Comentários