Cidades

Professor da USP é encontrado morto

Ele estava dentro do carro, que saiu da pista e caiu em uma vala

diario da manha
Foto: Reprodução

O Corpo de Bombeiros informou que o professor da Universidade de São Paulo (USP) Leonardo Guimarães Garcia, de 47 anos, que estava desaparecido foi encontrado morto no domingo, 19. Ele estava dentro do carro, que saiu da pista e caiu em uma vala na BR-153, em Centralina (MG).

Conforme a família, Leonardo tinha saído de Anápolis na quinta-feira, 16 e o último registro do carro foi em Itumbiara.

“Foi feito um boletim de ocorrências e os bombeiros de Goiás e Minas Gerais começaram a fazer buscas no sábado [19]. Ele foi localizado agora no início da tarde, sem vida. O carro invadiu a contramão, saiu da pista e caiu em uma vala”, disse o capitão Sairo Reis.

De acordo com o irmão de Leonardo, o advogado Leopoldo Guimarães Garcia, o professor estava em Anápolis, onde nasceu, desde o início da pandemia, para cuidar da mãe e dava aulas online. Na última quinta-feira, 16, precisou voltar a São Paulo.

“Ele saiu da pista, atravessou ela todinha na contramão e caiu em uma vala. O carro capotou várias vezes. Ainda não se sabe as circunstâncias do acidente, se ele foi fechado, se alguém bateu nele. Uma perícia vai poder dizer isso”, disse Isabel Dias, irmã do professor.

Leia também:

Comentários