Cidades

Wanderson Mota se entrega à polícia após sete dias de fuga

O suspeito se entregou em um posto da Polícia Militar, na manhã deste sábado

diario da manha
Wanderson Mota se entrega a polícia

Após seis dias de buscas pelo caseiro Wanderson Mota Protácio, de 21 anos, suspeito de matar a mulher grávida, a enteada e um fazendeiro, ele se entregou à polícia na manhã deste sábado, 4, em Gameleira de Goiás.

A ação policial circulou por diferentes pontos no território goiano, como Corumbá de Goiás, onde os crimes aconteceram, Alexânia e Abadiânia, para onde ele teria fugido.

Segundo informações o rapaz se entregou em um posto da Polícia Militar, na manhã deste sábado, quando entrou em uma residência na cidade e foi convencido pelos moradores a se entregar.

Os três assassinatos aconteceram no dia 28 de novembro, em Corumbá de Goiás, no Entorno do DF. Segundo a Polícia Civil, primeiro, o suspeito matou a mulher dele que estava grávida, Raniere Aranha Figueiro, de 21 anos, e a enteada Geysa Aranha da Silva Rocha, de dois anos e nove meses, além de um fazendeiro na região.

De acordo com os policiais diversas denúncias de moradores era investigadas, eles afirmaram ter visto o suspeito ou alguém muito parecido com ele.

Leia Também:

Comentários