Cidades

Mãe de paciente discorda de diagnóstico e ameaça médica

Segundo o boletim de ocorrência, a mulher e a médica assinaram um Termo Circunstaciado de Ocorrência (TCO) por ameaça e vão se encontrar em audiência na Justiça

diario da manha
Foto: Reprodução

Uma médica da Santa Casa de Misericórdia de Anápolis, a 55km de Goiânia, chamou a polícia durante um atendimento porque a mãe de uma paciente não concordou com o diagnóstico e fez ameaças. A profissional, que não quis se identificar, disse que passou na unidade na manhã de domingo, 27, e fez avaliação da filha da mulher, uma adolescente de 15 anos, que fez uma cirurgia na semana passada.

de uma paciente não concordou com o diagnóstico e fez ameaças. A profissional, que não quis se identificar, disse que passou na unidade na manhã de domingo, 27, e fez avaliação da filha da mulher, uma adolescente de 15 anos, que fez uma cirurgia na semana passada.

A médica viu um hematoma na barriga da garota e decidiu que ela teria que passar por um novo procedimento para conter o sangramento. Mas a mãe ficou irritada e fez ameaças dizendo que ela teria que se virar e que se algo acontecesse com a filha, teria que prestar contas a ela.

Segundo o boletim de ocorrência, a mulher e a médica assinaram um Termo Circunstaciado de Ocorrência (TCO) por ameaça e vão se encontrar em audiência na Justiça. Funcionários da Santa Casa contaram que a mulher bateu várias vezes no portão para fazer barulho. A confusão foi contida até a chegada da polícia. Não foi possível a localização da mulher para que se posicionasse sobre o ocorrido.

Segundo informações do G1

Leia também:

Comentários