Cidades

Suspeitos de maus-tratos contra animais são presos

De acordo com o diretor de fiscalização ambiental da Agência Municipal de Meio Ambiente (Amma), Diego Moura, o tutor dos cachorros, foi multado em R$ 10 mil e o dono do cavalo em R$ 3 mil

diario da manha
Foto: Divulgação

Dois homens foram presos na quarta-feira, 06, suspeitos de maus-tratos contra animais em Goiânia. Conforme o delegado estadual de proteção ao Meio Ambiente (Dema), Luziano Carvalho, eles estavam com feridas, carrapatos e sem alimentação.

“É uma situação degradante, um cenário muito ruim. Uma cachorra estava acorrentada e com um pano cobrindo uma ferida cheia de larvas, eles estavam ali para morrer”, afirma Luziano.

Foram resgatados:

  • 1 cavalo adulto com fratura na perna;
  • 1 burro adulto com fratura na perna;
  • 1 cachorro adulto com ferida aberta com larvas (este, segundo a agência é o animal mais debilitado);
  • 6 filhotes de cachorro, todos com nível alto de desnutrição por falta de água e comida.

De acordo com o diretor de fiscalização ambiental da Agência Municipal de Meio Ambiente (Amma), Diego Moura, o tutor dos cachorros, foi multado em R$ 10 mil e o dono do cavalo em R$ 3 mil.

A denúncia chegou até a Polícia Rodoviária Federal (PRF), que acompanhava uma operação do Ministério Público do Trabalho. ´´´´´´´´´Segundo o inspetor Newton Morais, a equipe constatou os maus-tratos e acionou a Demas e a Amma.

Conforme o delegado, Os suspeitos passaram a noite na Central de Flagrantes e serão encaminhados à Demas nesta quinta-feira, 07. Uma perícia será feita no local. Se condenados, os dois podem ter pena de cinco anos de prisão.

Os animais foram levados para o Lar dos Animais, em Goiânia. Eles passarão por tratamento até a recuperação.

Leia também:


Comentários