Cidades

Jovem de 18 anos some e tatua nome do ex no rosto

A jovem foi tatuada pelo ex namorado em SP

diario da manha

Uma jovem de 18 anos que estava desaparecida em Taubaté, interior de São Paulo, reapareceu neste último sábado (21), com o nome do ex-namorado tatuado no rosto, está é a terceira tatuagem na vítima feita pelo rapaz com o seu nome.

A mãe da jovem registrou um boletim de ocorrência no plantão policial contra o ex-namorado da filha, o jovem de 20 anos foi detido por não ter cumprido as duas medidas restritivas, uma feita no ano passado em 2021 e a outra neste ano.

Entretanto, o rapaz deve passar por uma audiência de custódia neste domingo (22).

De acordo com a mãe, de 34 anos, em entrevista ao site da UOL, a garota havia saído na manhã da última sexta-feira (20), para ir à escola e até as 22h do mesmo dia não tinha retornado, por isso entrou em contato com a polícia

“Pela manhã, fui até a rua do rapaz e vi minha filha dentro do carro. Voltei para casa e quando cheguei aqui já a encontrei tentando tapar a tatuagem com maquiagem porque tinha de ir trabalhar. Ali eu desabei”, conta.

A mãe ainda completou que a jovem teria sido forçada pelo ex-namorado a deixar ele faz a tatuagem,

“Ela está com o olho roxo. E ele a forçou a gravar um vídeo autorizando a tatuagem. Minha filha falou que gravou com medo de algo pior acontecer”

Os dois começaram a namorar em 2019 e no início de 2020 houve a primeira agressão. Entretanto, o ex-casal ficou oito meses separados e depois voltaram a se encontrar, por ter prometido que não haveria ter mais agressões. No entanto, o rapaz começou a ameaçar para a jovem não terminar com ele e além disso impedia ela ter contato com amigos e familiares.

Além disso, segundo a mãe da vítima, ela já sofreu por situações semelhantes anteriormente, está traumatizada, com medo e até pensa em se matar.

“Um dia, quando ela ia para o seu curso, ele a encontrou na rua e, com uma arma, a coagiu a entrar no carro. Logo depois, no dia 29 de maio, quando ela fez 18 anos, ele publicou nas redes duas fotos de tatuagens que ele tinha feito nela: seu nome no peito e na virilha. Na sequência fomos atrás da segunda medida protetiva”, concluiu a mãe da garota.

Comentários