Cidades

Ex-cunhado e amigos são indiciados por morte de jovem com 74 facadas e pedradas na cabeça

O inquérito policial apontou o crime de homicídio duplamente qualificado, com pena de até 30 anos de prisão

diario da manha
Wanderson Pereira Marcelo Foto: Divulgação/PCGO

O ex-cunhado do jovem Wanderson Pereira Marcelo, de 23 anos, morto com 74 facadas e pedradas na cabeça, e mais dois amigos foram indiciados pela morte dele, que aconteceu em Formosa (GO), em 17 de abril deste ano.

Conforme o relatório médico, Wanderson morreu em razão de traumatismo craniano e ficou por várias horas agonizando. Segundo o delegado Danilo Meneses, na cena ainda havia forte cheiro de urina, que levantou a suspeita de que após o crime, os suspeitos tenham urinado na vítima como forma de humilhação.

O delegado informou que dois suspeitos já haviam sido presos na “Operação 4 Quarteirões”, realizada em maio. Outro suspeito foi identificado e indiciado. O inquérito policial apontou o crime de homicídio duplamente qualificado, com pena de até 30 anos de prisão.

A Polícia Civil apurou que Wanderson Pereira foi perseguido por várias ruas da cidade e depois agredido em um corredor ao lado de uma residência no Setor Dom Bosco, onde o corpo foi encontrado. O rapaz também levou um tiro no braço e vários golpes de capacete na cabeça.

Com informações do G1

Leia também:

Comentários