Cidades

Grupo suspeito de comprar toneladas de produtos químicos para misturar com cocaína é alvo de operação

Na casa de um deles foi encontrado cerca de R$ 1 milhão

diario da manha
Foto: PF/Divulgação

Uma operação da Polícia Federal realizada nesta quinta-feira, 09, para combater um grupo suspeito de comprar produtos químicos em quantidades maiores do que indústrias farmacêuticas e misturar à cocaína, prendeu suspeitos e encontrou vários pacotes de dinheiro escondido em malas e em gavetas de roupas íntimas. Na casa de um deles foi encontrado cerca de R$ 1 milhão, além de arma.

A polícia descobriu, durante as investigações, que uma empresa de fachada comprava produtos químicos controlados e fiscalizados pela PF, como cafeína, lidocaína e ácido bórico, e misturavam à droga para aumentar a quantidade.

As substâncias têm forma de pó branco, parecido com a cocaína, e causam um efeito anestésico ou estimulante no sistema nervoso central.

Ao todo, são cumpridos 14 mandados de prisão e 17 de busca e apreensão nas cidades de Goiânia, Aparecida de Goiânia, Bela Vista de Goiás, Acreúna, além dos municípios paraenses de Rio Maria e São Félix.

“Em apenas 1 ano de atividade, a empresa fiscalizada adquiriu mais de 17 toneladas de produtos químicos destinado ao tráfico de drogas (nem mesmo os cinco maiores laboratórios farmacêuticos do país realizam aquisições de tamanho vulto em espaço tão curto de tempo)”, afirma a polícia.

Com informações do G1

Leia também:

Comentários