Cidades

Operação mira suspeitos de roubos de cargas de fertilizantes

A polícia informou que todos os envolvidos foram identificados e os produtos já estão sendo devolvidos às vítimas

diario da manha
Foto: Pixabay

A Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Cargas (Decar) deflagrou, na última sexta-feira, 29, a Operação Solo Fértil, com o objetivo de combater roubos de cargas de fertilizantes químicos ocorridos no triângulo mineiro e em propriedades rurais de Itumbiara e Catalão.

Segundo a Decar, para cometer o crime, motoristas terceirizados eram contratados por um intermediador da compra de fertilizantes para a realização do carregamento diretamente na indústria. Depois de embarcadas as cargas, os motoristas eram cooptados pelos intermediadores que os convenciam a fazer a entrega num lugar diferente do que estava na nota fiscal.

“Os motoristas, nesses casos, em tese não envolvidos no esquema, realizam a entrega a proprietários rurais participantes e financiadores do esquema”, afirma a polícia.

De acordo com a Decar, um carregamento, que pode chegar a quase R$ 200 mil reais, é vendido para o fazendeiro por menos que a metade desse valor. Os prejuízos às vítimas ultrapassam R$ 20 milhões.

“Mais de cinquenta “bags” foram recuperados pela Polícia Civil goiana, nesta operação, por meio do trabalho da Decar e da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Rurais (DERCR)”, afirma a corporação.

A polícia informou que todos os envolvidos foram identificados e os produtos já estão sendo devolvidos às vítimas.

Leia também:

Comentários