Coronavírus

Cerca de 30 a 40 mortos são enterrados por dia em São Paulo com suspeita de coronavírus

Segundo o jornal Folha de São Paulo, a maioria dos casos não são contabilizados pelo Ministério da Saúde pelo atraso da disponibilidade dos testes

diario da manha

O jornal Folha de São Paulo publicou em sua página na internet nesta quarta-feira (1º) a informação de que cerca de 30 a 40 corpos de pessoas com suspeita de contaminação pelo novo coronavírus estão sendo enterradas por dia pelos cemitérios públicos da cidade.

No entanto, isso está acontecendo sem que as vítimas passem antes por exames que comprovem a doença.

De acordo com o jornal, a maioria desses casos não são contabilizados pelo Ministério da Saúde devido ao atraso da disponibilização dos testes laboratoriais feitos pelo Instituto Adolfo Lutz.

Ainda conforme a publicação, quase todos os casos mostram que os médicos que assinam os boletins de óbito afirmam que aguardam os resultados de exames para a comprovação das mortes. Entretanto, o documento aponta suspeita de Covid-19, segundo a Folha.

Comentários